Qual a importância do branding para a marca?

Trabalhar o branding é fazer com que a sua marca crie uma forte identidade visual e seja lembrada a todo momento. 

Se você tem marcas favoritas ou consegue assimilar conceitos a alguma das várias existentes, pode ter certeza de que ela trabalha, e muito bem, o branding. A alta competição que tem sido cada dia mais frequente no mercado, fez com que as marcas criassem uma forma de se destacarem entre as demais. Uma solução cada dia mais frequente, principalmente ultimamente devido à forte presença do marketing digital, é a adoção do branding. Apesar dessa ser uma ação frequente e extremamente importante, o que é essa técnica e qual a sua importância? 

Para explicar esse conceito, nada melhor do que usar exemplos. Sabe quando nos deparamos com algo e logo de cara associamos a alguma marca? Por exemplo, vemos anúncios em roxo e lembramos do Nubank, ou nos deparamos com a tão famosa frase “Just do it” e logo pensamos na Nike. Pois é, esse posicionamento tem como responsável o branding, porque a sua função nada mais é do que gerir marcas. 

Esse gerenciamento, por sua vez, consiste em toda estratégia que tem como objetivo central fazer com que a marca seja conhecida, lembrada, e que os stakeholders estejam alinhados aos ideais que ela preza. Mas de que forma é possível fazer com que esses fatores sejam relevantes? O primeiro de tudo, é ter paciência, porque nada acontece da noite para o dia, e como o próprio nome da gestão já diz, ela é estratégica, então são hábitos recorrentes que serão realizados e irão potencializar a visibilidade e fixação da marca.

Algo que todos precisam ter em mente, é que a marca é como uma amiga para o consumidor. Por isso, não basta apenas colocar mais uma no mercado, é necessário criar um relacionamento, para que os clientes sintam-se confortáveis com ela. Então, mais do que estar no mercado, é preciso trabalhar com o emocional do consumidor, porque será isso que fará com que ele se sinta conectado.  

Quando se fala no branding, a função dele é muito ampla, porque além dos fatores que foram apresentados neste artigo, ainda existem outros que precisam ser levados em conta. Para que seja possível criar um planejamento favorável para a marca, é necessário realizar: investigação, estratégia, criação e design. Isso tudo porque, para criar uma boa impressão, todos os pontos precisam estar alinhados, desde a criação de uma identidade visual, até a mensagem enviada, e a recepção dela por parte dos clientes. 

Por isso, antes de criar uma marca e começar a trabalhar com ela, é necessário pensar estrategicamente aqueles que serão seus os pilares. Pensar na cor que a ser utilizada, na mensagem que quer passar, a forma com que fará isso, o lugar que busca se estabilizar etc, porque tudo isso faz com que o freguês embarque de corpo e alma no seu negócio. Sendo assim, a importância de utilizar o branding, é fazer com que a sua empresa tenha uma identidade forte, esteja sempre bem posicionada, e seja sempre a primeira opção das pessoas. 
Para fazer com que a marca tenha sucesso atualmente, não tem como atingir o objetivo sem que se trabalhe o branding, porque só dessa forma é possível ter uma boa gestão estratégica e, assim, conquistar o seu objetivo principal, ou seja, ter a sua marca reconhecida e lembrada pelos seus consumidores, e por aqueles que estão ao seu redor. Já que quando a marca está bem posicionada, sempre tem o público fiel, e aqueles que não estão sempre lá, mas que nunca esquecem da sua existência.

Diferença entre branding e propaganda

Devido à função que o branding tem, as pessoas podem o confundi-lo com a propaganda. Mas, é necessário saber que eles se distinguem bastante. O primeiro fator de diferença, é que a ação do marketing é feita devido a todo um planejamento estratégico. Já a propaganda, é apenas o lançamento de algo que, a curto prazo, será esquecido. Outro motivo que precisa ser relatado, é que a propaganda nada mais tem do que o intuito de vender determinado produto. Agora quando falamos em branding, por mais que a comercialização dos produtos seja um fato evidente, ele trabalha com o emocional, ou seja, ele visa o resultado a longo prazo, fazendo com que as pessoas passem a se lembrar do produto ou marca em todos os momentos que precisarem realizar alguma compra.

Compartilhe

Deixe um comentário