Mapa Digital: estratégias e metodologias com Leonardo Haddad

O marketing digital tem sido um segmento em constante crescimento, tanto que é uma área em que as empresas têm investido. A razão para valorização está associado aos benefícios e simplicidades que ele oferecer para o usuário. Dentre tantas melhorias que ele pode trazer para um empresa, existem ações que são as pioneiras: relacionamento com o cliente, visibilidade e vendas. 

Na quarta-feira, 15/07, nossa CEO, Patrícia Teixeira, fez um bate-papo com o Consultor de Marketing Digital, Leonardo Haddad e Dono da Startup Pulseira Salva Vidas, onde falaram sobre o Mapa Digital que desenvolveram para a WePlanBefore e sobre estratégias para a criação de um bom plano de atuação no ambiente online.

Qual a diferença entre o marketing tradicional e o digital?

A diferença é o seguinte, o marketing digital ele é muito acessível, então, é possível visualizá-lo porque ele vai estar disponível e a gente consegue entender o que o consumidor está pesquisando através de algumas palavras e outros recursos. Dessa forma, conseguimos segmentar. 

O marketing digital é muito mais interativo e mensurável. Por exemplo, se fizermos um anúncio de panfletagem ele vai ser útil mas demora muito mais tempo e não se tem uma mensuração tão grande do público. Diferente do digital, que traz a mensuração com sua principal vantagem. 

Com isso, você consegue saber: quem são as pessoas que clicaram no anúncio, quantas entraram no site, qual a taxa de rejeição, qual meu CTR, qual a posição dentro do google quando faz uma campanha, qual é a parcela de impressão perdida, entre outros dados. O melhor é que tudo isso é barato e rápido, porque no marketing digital você pode investir apenas um real. A quantia certa vai depender do que você quer mostrar para o público-alvo. 

Então, com o marketing digital você consegue: segmentar melhor o público, ser mais acessível, barato, interativo e completamente mensurável.

Como a gente começa a ter o marketing digital?

Você precisa entender o mercado, saber o que está acontecendo em volta de você. Por isso, é necessário fazer fazer uma análise da nossa concorrência, conhecer o mercado de atuação, o seu público alvo e quem realmente é o buyer persona do seu negócio. Definir o buyer persona é importante para ser eficaz na hora de fazer uma campanha e um marketing digital da nossa empresa.

Então, para começar, você precisa: definir o buyer persona, o tom de voz, o branding persona, o arquétipo da minha empresa, fazer a jornada do consumidor desde a parte da descoberta até a conversão e fidelização. Quando tiver todos esses pontos solucionados, é possível fazer o marketing da empresa. Tendo isso, já pode começar a elaborar as campanhas de marketing digital.

Por que o site é o primeiro lugar a se pensar?

O site é uma das linhas mais importantes porque tudo se cruza com ele, pois ele nada mais é do que a porta de entrada para as visitas. Não dá para as pessoas conhecerem a empresa sem ter nada. Então é muito importante, mesmo para pequenas e médias empresas, que todas tenham um site para serem visíveis. E quando falamos visíveis, tem todo um trabalho de SEO em volta do site, da construção de marca, do que vai ter, o que vai contar e qual vai ser o meu site map. Por isso o site é importantíssimo para o meio de divulgação. 

Algo que quem tem site hoje precisa saber, é da necessidade de estar adequado ao mobile friendly, porquê hoje, 70% das pesquisas começam nos telefones celulares. E, se as pessoas entrarem no site e encontrá-lo todo desconfigurado, a experiência dele vai ser ruim e, consequentemente, a taxa de rejeição vai ser muito alta.Outro ponto de atenção é a instalação do AMP – Accelerator Mobile Pages. Uma tecnologia desenvolvida pelo google que busca reduzir o tempo de carregamento das páginas do site no celular. A importância desse plugin, está associado às vendas. Na Amazon, 0,1 segundo de demora corresponde a meno 1% de vendas o que dá em torno de 1,3 bilhões a menos por ano.

Ao criar um site, é importante ter todas as coisas arrumadas, o analytic instalado, o SEO configurado, ser mobile friendly e ter conteúdos adequados.

O que é SEO?

O SEO é Search Engine Optimization e são buscas orgânicas. Quando a gente faz um anúncio é busca paga. Ao falarmos em SEO, estamos nos referindo às buscas orgânicas que são ranqueadas pelo o Google. E isso acontece da seguinte forma, através de ferramentas a gente mostra para o Google que nós existimos e que nossas páginas estão presentes. Dessa forma, ele começa a analisar se o conteúdo é relevante, se está bem estruturado, se a experiência do usuário vai ser boa para aquilo que ele está procurando  com aquela palavra-chave e o CTR (taxa de clique). 

Quanto mais o seu site tiver uma posição orgânica, ou seja, estiver lá no google nas primeiras posições sem gastar dinheiro, é o ideal, e esse é o objetivo que todas as pessoas querem alcançar. Ninguém mais quer investir muito em marketing digital. Entretanto o SEO precisa ser um trabalho contínuo, porque assim, trabalhando palavras-chaves associadas ao nosso negócio, conseguimos nos tornar referência no que a gente faz. Por isso é importante criar o conteúdo adequado para o que o cliente quer pesquisar.  

O trabalho do SEO é algo demorado, ou seja, ele não acontece da noite para o dia. Com um trabalho assíduo, é possível ficar bem ranqueado com três ou seis meses, caso contrário demora para acontecer. Porque ele SEO não é uma ferramenta, ele é sobre o quanto de conhecimento temos em nossos clientes e como vamos construir uma melhor experiência para eles. A questão é entender o consumidor e fazer o melhor para ele.

Porque eu tenho que esta nas redes sociais?

Você não precisa estar em todas, é necessário estar naquela que o seu público está presente. Mas é preciso utilizar as redes sociais, caso não faça isso, é melhor deletar. `É necessário uma programação de quais os conteúdos que vão ser falados e qual será nosso CTA. Sempre é necessário monitorar o que a gente faz. Por isso é importante ter o google analytic em nosso site, pois conseguimos monitorar de onde estão vindo os melhores acesso. 

Quando a gente cria conteúdo relevante e as pessoas vão engajando e compartilhando o post, assim, passam a  curtir mais e a visibilidade vai aumentando. Por isso é importante ter o tom de voz definido para falar com a pessoa e dar atenção para o cliente, pois isso faz com que ele seja fidelizado.

É viável uma pequena empresa investir no marketing digital? Como fazer marketing digital online no cenário atual?

É viável, porque as pessoas não vão mais nas empresas, as coisas mudaram. Vai ser difícil você ter um lugar aberto, um espaço aberto para começar a se comunicar com as pessoas. 

Comecei a criar meu marketing digital, eu preciso ter um site? Sim. Por que vai ser interessante ter um site? Porque vai ser a porta de entrada para o marketing digital e você consegue segmentar o público e expandir um pouco mais.

Fala um pouco sobre o Inbound marketing

Quando a gente fala de inbound estamos falando de todos os conteúdos que vamos criar para a nossa empresa, serviço e produto. É importante ter? Sim. Quais são as estratégias? No meio simples, e-mail marketing, newsletter, criar artigos, cases, postagem no blog. Preciso ter blog no site? Sim. Lembre-se, quanto mais conteúdos forem gerados mais a gente acaba sendo referência no assunto, mas é importante que tudo seja voltado ao SEO, pois assim o site começa a ser referência e chegar no primeiro lugar do google. Por isso é importante trabalhar com conteúdo.

Conta um pouco do e-mail leads e inbound marketing. A ligação entre eles.

E-mail line, como a gente fala é e-mail em geral. Mas, hoje, só vender o produto e nunca mais falar com aquele cliente não é uma ação certeira porque a gente pode acabar perdendo a credibilidade e o cliente para um outro concorrente. Então, se eu gero conteúdo que é relevante para ele, seja uma vez por semana ou a cada 4 dias, ele vai sempre estar antenado naquilo e vai querer entrar para ver o que tem de novo no. Não só no e-mail marketing mas no e-mail em geral, precisamos trabalhar conteúdos que tenham relevância.

Compartilhe

Deixe um comentário